quinta-feira, 31 de maio de 2012

Limeira recebe mais uma edição do “Viola de Todos os Cantos”


Pelo 8º ano consecutivo, Limeira será sede de mais uma eliminatória do festival “Viola de Todos os Cantos”, realizado pelas Emissoras Pioneiras de Televisão (EPTV), com o apoio da Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria da Cultura.



As semifinais começaram em maio e o município recebe na Sociedade Esportiva Gran São João, dia 9 de junho, às 20h, a penúltima eliminatória. A grande final acontece dia 18 de junho em Poços de Caldas – Minas Gerais.

O Viola é um dos maiores festivais de música regional brasileira e sertanejo de raiz, os prêmios somam R$ 25 mil em dinheiro, além da ajuda de custo para os classificados.

Como nas edições anteriores, as alunas do 4º ano de ballet da Escola Municipal de Cultura e Artes (EMCEA) farão a abertura do evento com a coreografia elaborada pelas professoras Aline Savazzi e Iany Catherine.

Os ingressos já estão sendo distribuídos no Clube Gran São João, Biblioteca Municipal, EMCEA e na sede da Secretaria da Cultura e podem ser trocados por 1 quilo de alimento não perecível (opcional).

Os endereços para os pontos de troca são:
- Sede da Secretaria da Cultura – Rua - Senador Vergueiro, 122 – centro Limeira /SP
- EMCEA – Rua Capitão Bernardes e Silva, 144 – Centro Limeira /SP
- Teatro Vitória – Praça Toledo de Barros, S/N – Centro Limeira /SP
- Biblioteca Municipal – Rua Senador Vergueiro, 845 – Cento Limeira /SP
- Sociedade Esportiva Gran São João – Rua Doutor Antônio Frederico Ozanan, 111 – Parque Real – Limeira /SP.

Mais informações podem ser obtidas no telefone da EPTV: (19) 3776 6435 ou na Secretaria da Cultura: (19) 3451 0502 e no site www.violadetodososcantos.com.br.

*Nota: Fotos – alunas da EMCEA - edição “Viola de Todos os Cantos” 2011. Créditos: Divulgação.


Luane Tenório – Estagiária de Jornalismo
Secretaria Municipal da Cultura
Departamento de Projetos Culturais
Prefeitura de Limeira /SP
(19) 3451 0502
culturalimeira@yahoo.com.br
www.culturalimeira.blogspot.com
www.facebook.com/culturalimeira
www.twitter.com/culturalimeira

Repercutindo as ideias de Farid

Na página 4 do Jornal de Limeira de hoje, notícia com o título "Tempo em hospitais terá fiscalização", destaca projeto de lei aprovado de autoria do professor José Farid Zaine (PDT), que dispõe sobre a emissão de declaração com o tempo de espera do usuário do pronto atendimento em hospitais públicos e particulares, quando solicitadas.

Saiba mais sobre a ideia de Farid clicando aqui.

Gabinete do Vereador Farid Zaine (PDT)
19 3404 7550

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Inscrições abertas para curso de teatro


Projeto leva oficinas de teatro gratuitas para bairros

“Descentralização da Cultura”, um projeto que oferece atividades culturais gratuitas para a população em diversos pontos da cidade, é desenvolvido pela Prefeitura de Limeira, através da Secretaria da Cultura, e está com inscrições abertas até dia 11 de junho para aulas de teatro.



As aulas serão às terças-feiras no salão da Igreja Nossa Senhora de Lourdes, em duas opções de horários: das 8h30 às 11h (de 8 a 12 anos) e das 14h às 16h30 (de 13 a 17 anos) e serão realizadas pelo professor Jonatas Noguel, que é diretor do “Núcleo Cia de Teatro” e já dirigiu espetáculos como, “A Bela e a Fera”, “O Mágico de Oz”, o espetáculo “Tim”, premiado na Mostra Municipal de Teatro em 2007, entre outros.

Para o Secretário da Cultura, Evandro Leite da Silva, “o projeto descentralização da cultura, além de revelar novos talentos, estimula o desenvolvimento individual contribuindo para a formação de novas lideranças”.

Ao longo do curso, os alunos terão contato com técnicas de interpretação baseadas na improvisação, jogos dramáticos, montagens de cenas, dinâmica individual e de grupo, além de exercícios vocais e corporais.

As inscrições podem ser feitas na sede da Secretaria da Cultura de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h e na secretaria da Paróquia, de segunda a sexta das 8h às 11h e das 13h às 17h, com Elton. A Igreja Nossa Senhora de Lourdes fica na Avenida Carlos Zacarias, 970 – Parque Nossa Senhora das Dores – IV etapa.

Para mais informações o telefone da Cultura é: (19) 3451 0502, ou no telefone da Paróquia, 3445 3832.


Luane Tenório - Estagiária de Jornalismo
Departamento de Projetos Culturais
Prefeitura de Limeira/SP
Secretaria Municipal da Cultura
(19) 3451.0502 
www.twitter.com/culturalimeira

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Repercutindo as ideias de Farid

No Jornal de Limeira de sábado, 27, na editoria "Cultura + Lazer", é destacada a atuação do vereador professor José Farid Zaine (PDT). Com o título: "Câmara homenageia a banda Arthur Giambelli", a notícia repercute a propositura que concede o Diploma de Gratidão e Medalha de Mérito Cívico XV de Setmebro - Ordem de Tatuiby. Saiba mais do projeto, clicando aqui.

Gabinete do Vereador Farid Zaine (PDT)
19 3404 7550

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Pauta dos Vereadores

Ordem do Dia

Sessão de 28 de maio de 2012



 

I – Projeto de Lei nº240/07, de autoria do nobre Vereador Carlos Eduardo da Silva, que dispõe sobre a proibição de comercialização de bebidas alcoólicas dentro do perímetro dos Postos de Combustíveis do município de Limeira.

II – Projeto de Resolução nº8/09, de autoria do nobre Vereador Raul Nilsen Filho, que dá nova redação ao art. 109 do Regimento Interno da Câmara Municipal de Limeira, Resolução n°44/92.

III – Projeto de Resolução nº14/09, de autoria nobre Vereador Ronei Costa Martins, que acrescenta o parágrafo único e inciso VIII ao artigo 222, da Resolução 44/92 do RICML - Regimento Interno da Câmara Municipal de Limeira.

IV – Projeto de Lei nº205/10, de autoria nobre Vereador Silvio Marcelo Francisco Brito, que altera o artigo 3º da Lei Municipal nº 3693 de 29 de março de 2004, que obriga os Bancos do Município de Limeira a manter banheiros para o público que frequênta suas dependências, e dá outras providências.

V – Projeto de Lei nº252/11, de autoria do nobre Vereador Wagner Barbosa, que institui a Semana da Enfermagem no município de Limeira e dá outras providências.

VI – Projeto de Lei nº5/12, de autoria do nobre Vereador Carlos Eduardo da Silva, que dispõe sobre a inserção de mensagens educativas sobre o uso de drogas e entorpecentes, durante shows, eventos culturais e esportivos voltados para o público infanto-juvenil realizados no âmbito do município de Limeira, e dá outras providências.

VII – Projeto de Resolução nº4/12, de autoria da Mesa Diretora, que altera o art. 4° da Resolução 220/2003, alterada pela Resolução 348/08, que dispõe sobre a criação da Medalha Pastor Guaraci Rabesco.

Assessoria de Imprensa
Câmara de Limeira / SP

Regulamento do Canta Limeira


A Secretaria da Cultura divulgou hoje o regulamento do 11º Festival Nacional de MPB "Canta Limeira". O evento é idealizado pelo vereador professor José Farid Zaine (PDT). O parlamentar é também o autor da lei que insere esse importante evento musical no calendário de eventos do município (Lei: 4.447/09). Veja o regulamento abaixo e se ligue nas inscrições, que podem ser feitas até o próximo dia 15!

Imagem da coletiva que divulgou o "Canta Limeira" em 2011. Na imagem, Farid (que na época atuava como secretário da Cultura), Dora Arcaro (CPP) e músicos participantes da categora "música de Limeira".


INSCRIÇÕES: Até 15 de junho de 2012.





Objetivo:

O “11º Canta Limeira” é um festival destinado a abrir importante espaço aos compositores e intérpretes da música popular brasileira de todos os gêneros, com tema livre, sendo realizado pela Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria da Cultura, com apoio do Centro de Professorado Paulista (CPP) – Regional de Limeira.


Quem participa:

O festival é aberto a compositores e intérpretes de todo o Brasil.

Participação: os interessados em participar do 11º Canta Limeira deverão inscrever-se junto à Secretaria da Cultura de Limeira (SP) ou enviando o material por correio para o seguinte endereço:



“Canta Limeira”

Secretaria da Cultura

Rua Senador Vergueiro, 122 – Centro – Limeira - SP

CEP 13480-005.


As inscrições poderão ser feitas também através do envio do material em e-mail: culturalimeira@yahoo.com.br. Fone: 19 – 3451-0502 (todo o material de inscrição deve ser enviado em apenas um único e-mail, colocando no assunto a frase “Inscrição Canta Limeira”. Mesmo que o responsável pela inscrição envie mais do que uma música, elas deverão estar num único e-mail, bem como todos os outros arquivos solicitados pelo presente regulamento)

O material de inscrição postado via correio terá como referência, para sua aceitação, a data de postagem.


Material necessário:


a) Ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada pelo responsável. Serão desconsideradas as inscrições que não estiverem preenchidas corretamente.

b) Gravação da(s) música(s) em CD, com identificação obrigatória dos autores e intérpretes;

c) 5 (CINCO) cópias digitadas de cada letra, com identificação obrigatória dos autores e intérpretes;

d) No caso de inscrições via internet, os participantes deverão preencher devidamente a ficha de inscrição e enviá-la acompanhada da (s) letra (s) da (s) canção (ões) e o áudio da (s) música (s) inscrita (s), bem como a autorização do uso de imagem (em anexo) que deverá ser preenchida individualmente por cada integrante que se apresentará, escaneada e assinada por todos os representantes da música a ser defendida. As músicas deverão estar em formato MP3. No assunto do e-mail a ser enviado para culturalimeira@yahoo.com.br deverá estar escrito INSCRIÇÃO CANTA LIMEIRA. A Secretaria da Cultura não se responsabiliza por inscrições que não chegarem à caixa de entrada do e-mail referido. Fica a critério do inscrito fazer a confirmação de recebimento do material pela Secretaria da Cultura. Estarão desclassificadas músicas enviadas via internet sem o que exige o presente regulamento.


Procedimento:

1) As músicas inscritas deverão ser inéditas e originais. Entendemos por INÉDITA a música que não tenha sido gravada em discos comerciais, nem editada; ORIGINAL é a música que não contém plágios; vale a inscrição de músicas que já participaram de OUTROS FESTIVAIS, excluindo – se os realizados em Limeira, mesmo que em festivais com outras denominações organizados em Limeira (Musical Ecológico de Limeira – MEL -, FestiAFRO e Viola de Todos os Cantos).

2) Cada compositor, mesmo quando em parceria com outro, poderá inscrever até 3 (três) músicas.

3) Somente uma música por compositor poderá ser classificada.

4) Nenhum intérprete poderá defender mais do que uma música.

5) Não será cobrada taxa de inscrição.

6) O material usado na inscrição não será devolvido.

7) Todos os dados da “Ficha de Inscrição” deverão estar devidamente preenchidos, bem como a autorização do uso de imagem que deverá ser preenchida individualmente por cada integrante. (em anexo)

8) Será entendida como “Música de Limeira”, somente a composição de autoria de compositores nascidos ou residentes em Limeira, devidamente comprovado. No caso de parceria, pelo menos um dos autores deverá ser nascido ou residente em Limeira.





O Festival será realizado em 3 etapas:





1ª Etapa:

A Comissão Organizadora do 11° Canta Limeira indicará uma comissão para a escolha de 32 músicas entre as inscritas, sendo 20 de todo o Brasil e 12 de Limeira. As músicas selecionadas serão divulgadas até o dia 25 de junho.

* A Comissão Organizadora se reserva no direito de alterar o número de músicas a serem classificadas.





2ª Etapa: 13 e 14/07, às 20h

Apresentação ao vivo das músicas selecionadas, em 2 semifinais. Cada semifinal contará com a apresentação de 16 músicas, sendo 10 de todo o Brasil e 6 de Limeira. Serão classificadas em cada uma das semifinais 8 músicas, sendo 5 de todo o Brasil e 3 de Limeira.

* A Comissão Organizadora se reserva no direito de alterar o número de músicas a serem classificadas.





3ª Etapa: 15/07, às 20h

Grande Final, com apresentação ao vivo das 16 músicas finalistas* e premiação às vencedoras.

* Em caso de terem sido classificadas 8 músicas por semifinal.





Premiação:





Após apresentação na Grande Final, haverá premiação de acordo com a classificação determinada pelo júri, da seguinte forma:





1º lugar geral R$ 3.500,00

2º lugar geral R$ 2.500,00

3º lugar geral R$ 2.000,00

Consagração Popular (melhor torcida) R$ 800,00

Música de Limeira 1º lugar R$ 2.500,00

Música de Limeira 2º lugar R$ 2.000,00

Música de Limeira 3º lugar R$ 1.500,00

Melhor Intérprete R$ 800,00



Todo pagamento aos participantes estará sujeito aos descontos previstos na legislação, sendo efetuado somente ao representante legal da inscrição.





Não haverá o acúmulo de prêmios entre as músicas limeirenses e as que concorrem na categoria geral.





Haverá ajuda de custo para músicas vindas de outros municípios, obedecendo-se a seguinte tabela:





Cidades até 100 km de Limeira: R$ 250,00

Cidades até 200 km de Limeira: R$ 350,00

Cidades que distam mais de 200 km de Limeira: R$ 450,00





Haverá, ainda, ajuda de custo para músicas limeirenses, como incentivo às produções próprias da cidade de R$ 250,00 para cada uma classificada.



Das Disposições Finais:





1. O 11º Canta Limeira é uma realização da Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria da Cultura, com apoio do Centro do Professorado Paulista – (CPP) Regional de Limeira.





2. A Comissão Organizadora, nomeada pelo Exmo.Sr. Prefeito, tomará todas as decisões necessárias ao andamento do evento, inclusive para resolver eventuais questões omissas no regulamento.





3. Os inscritos, pelo ato de inscrição, concordam integralmente com todos os itens do regulamento.





Limeira, Maio / 2012.





Veja o 11º Canta Limeira, de LIMEIRA (SP) no site www.festivaisdobrasil.com.br.





Evandro Leite da Silva

Secretário Municipal da Cultura

Igreja da Boa Morte sedia Encontro de Corais e exposição de Música Sacra


A Igreja de Nossa Senhora da Boa Morte e Assunção, em Limeira, será sede do I Encontro de Corais realizado pelo Projeto Memória e Resgate em parceria com o Coral Santa Cecília. Seis grupos de Limeira e região participarão do encontro, que incluirá tanto apresentações como troca de experiências entre seus maestros, maestrinas e coralistas. O evento, será neste domingo 27, às 18h e a entrada franca.

Além da apresentação dos corais, um dos destaques do encontro, será a presença de Antônio Venâncio, um dos mais antigos regentes e organistas da Igreja Boa Morte, entre as décadas de 1930 e 1960. Os corais são, Madrigais Vivace, Coral Cantigas e Modernas, Coral Municipal de Casa Branca, Coral Cantatores Juris, Coral São Sebastião e Coral Santa Cecília.

A programação incluirá uma exposição temporária sobre a música sacra ao longo do século XX, com o tema,“A Vida Musical na Igreja Boa Morte”, será das 8 às 17h aberta ao público a partir do dia 26 seguindo até o próximo dia 16 de junho, a visitação será gratuita. A mostra apresenta um panorama da música sacra em Limeira, abordando parte dos diversos corais e grupos musicais que passaram belo templo histórico, partituras originais de compositores limeirenses, objetos litúrgicos ligados à música, livros antigos de canto e fotografias.

A organização é da Igreja Boa Morte, por meio do Projeto Memória e Resgate, em parceria com o Coral Santa Cecília, Colégio São José e Catedral de Nossa Senhora das Dores e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Limeira, através da Secretaria da Cultura.

Mais informações o telefone da Igreja Boa Morte é: (19) 3441 6708.


Luane Tenório – Estagiária de Jornalismo
Departamento de Projetos Culturais
Prefeitura Municipal de Limeira /SP
Secretaria Municipal da Cultura
(19) 3451 0502
Culturalimeira@yahoo.com.br
http://www.culturalimeira.blogspot.com/
www.facebook.com/culturalimeira
www.twitter.com/culturalimeira

O CORVO


Por José Farid Zaine
farid.cultura@uol.com.br
Twittter: @faridzaine
Facebook: Farid Zaine



Quando Edgar Allan Poe escreveu o poema “O Corvo”, por certo não imaginava a quantidade de interpretações que haveria do mesmo ao redor do mundo. Tampouco sonharia que traduções surgiriam em todas as línguas, os tradutores tentando chegar aos significados profundos do poema, mantendo a estrutura poética rebuscada criada pelo autor. Na língua portuguesa muitos se aventuraram, e temos antológicas traduções feitas por nada mais nada menos que Machado de Assis e Fernando Pessoa. São versões magníficas e diferentes, que já provocaram minuciosos estudos por parte de apaixonados literatos. O cinema sempre namorou a obra de Poe, mas ainda falta o filme que fará jus à grandiosidade da obra do autor americano nascido em Boston em 1809 e morto em Baltimore em 1849, com apenas 40 anos. O mistério sobre os dias que antecederam a morte de Poe, a partir do momento em que foi encontrado, num banco de jardim, delirando, até seu último suspiro falando frases enigmáticas, é um assunto fascinante como os célebres contos que ele criou. Esse magnífico e instigante ponto de partida foi o que motivou os roteiristas do filme “O Corvo” (The Raven), de 2012, dirigido por James MacTeigue, o mesmo de “V de Vingança”. O filme que estreou na semana passada em todo o Brasil não é baseado no poema, nem tampouco é remake do famoso homônimo com Brandon Lee, morto acidentalmente por um tiro durante as filmagens.

A crítica, mundo afora, ficou dividida entre os que simplesmente odiaram o filme, os que o desprezaram, os que o olharam com certa condescendência e os que o aceitaram como um bom exemplar de moderno terror. Fico com esse último grupo, pois vejo qualidades nesta obra estranha, irregular, mas certamente envolvente. Mesmo quem não goste do filme não terá como negar que ele exerce fascínio sobre os espectadores, que ficam presos a ele da primeira à última cena. O incômodo fica por conta da personagem principal , Edgar Allan Poe, ser interpretado por um John Cusack indeciso entre compor um “mocinho” destemido e um bêbado e debochado romântico. Ele não convence em nenhum dos casos.

Baltimore, enfim, é a grande estrela desta produção. A cidade aparece bem reconstituída para evocar um clima de terror apropriado à história de um serial killer que se baseia nas obras do próprio Poe para tecer suas armadilhas e concretizar bizarros assassinatos. A Baltimore que vemos é escura, sombria, cheia de becos e lama, repleta de miseráveis, prostitutas e bêbados, entre eles o próprio escritor, às voltas com dívidas em bares e com barracos provocados pelo seu alcoolismo. Neste aspecto, a produção ganha pontos, com seu visual gótico garantido por eficientes direção de arte, fotografia e figurinos. A cena do baile de máscaras é bela e sofisticada, embora tenha alguns furos que não vale a pena revelar. O filme ganha na plasticidade, mas algumas coisas abusam do lugar-comum, como a floresta inundada pela neblina recortada por troncos escuros, por onde Poe, como um inacreditável cavaleiro que lembra um Zorro meio bobo, persegue o assassino. O diretor poderia ter evitado tudo isso, mas parece que buscou exatamente o “déjàs-vu” para contar uma história potencialmente original. Dificilmente o público não deixará de notar as semelhanças com “Sherlock Holmes”, que parece ter sido a inspiração para o roteiro e a montagem, e a escandalosa violência das incontáveis sequências de “Jogos Mortais”.

O encanto, a magia e a beleza misteriosa e assustadora da obra de Poe poderiam estar presentes no filme de alguma forma, não fosse a escolha para que ele se tornasse mais um exemplar do terror moderninho e movimentado que arrasta as plateias, principalmente formada por adolescentes, para os cinemas. “O Corvo” não é um blockbuster como “Sherlock Holmes”, mas está longe de ser apenas um filme ruim. Dá pra curtir numa boa, embora com um pouco mais de acertos por parte dos roteiristas e do diretor, pudesse figurar num outro patamar de filmes do gênero. A sequência final sugere que pode haver uma continuação. Se fosse possível perguntar ao “Corvo” do poema de Poe, se seria bom termos uma eventual sequência dirigida por MacTeigue, ele diria: “Nunca Mais”! E aqui não precisaríamos de teses complexas para entender a resposta de uma das aves mais famosas da literatura universal.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Repercutindo as ideias de Farid

O Jornal "TodoDia", de Americana (SP), trouxe, ontem, artigo opinativo do vereador professor José Farid Zaine (PDT), na página dois da sua edição.

Para ler o artigo na íntegra, com o título "Ah, esse teatro cheio", clique aqui.

Gabinete do Vereador Farid Zaine (PDT)
19 3404 7550

Mostra de Teatro 2012 agita programação cultural


"Mostra” valoriza produção local, oferecendo espetáculos gratuitos

Com o objetivo de promover o intercâmbio entre os grupos da cidade, além de destacar e divulgar novos talentos, valorizar as artes cênicas, incentivar as manifestações culturais, a Secretaria da Cultura realiza de domingo, 27, a domingo, 3 de Junho, a Mostra de Teatro 2012.



O evento conta com a participação de 05 grupos que concorrerão aos prêmios em dinheiro, além de dar ao primeiro colocado o privilégio de representar o município, no VIII Festival de Teatro de Limeira 2012. Para o secretário da Cultura, Evandro Leite da Silva, “a participação dos grupos da cidade é muito importante para o incentivo das produções teatrais do município”.

A abertura conta com o grupo campineiro, “Os Geraldos”, convidado para a apresentação no dia 27, com o espetáculo “Hay Amor”, às 20h, no Teatro Vitória. Com direção de Verônica Fabrini, o espetáculo é uma criação dramaturgica a partir do tema “A gente é brega quando ama”. O grupo já conquistou importantes prêmios e festivais internacionais.

A história é narrada num banco da praça de uma cidade do interior, o lugar dá imagens e sensações de um grupo de amigos que tentam por todos os meios representar o amor, no esforço de dizer o indizível. Por meio de uma trajetória de cenas curtas, de pequenos recortes de sensações, cantam músicas dos nossos corações acompanhando encontros e desencontros emblemáticos dessa aventura humana que ao mesmo tempo tornam-se ridículos e sinceros.

E abrindo a competição, na terça, 29, às 14h30, tem a divertida história infantil de “Peter Pan”, com o Núcleo Cia de Teatro e direção de Jonatas Noguel.

Na quarta, 30, às 20h, é a vez da Cia. de Teatro Procênio com o espetáculo “A Padaria”, do poeta e dramaturgo alemão Berlot Brecht, que possui uma linguagem poética e divertida. A direção é de Felipe Henrique da Silva.

Pequena Cia de Teatro apresenta “O Despertador”, na quinta, 31, às 20h. Monólogo com atriz Tatiana Alves, tem a direção de Antônio Apolinário.

A emocionante história de “A pequena e verdadeira história de Zóio Zoíudo e sua Amada Lindinha da Silva” é contada pelo Grupo de Teatro Ponta de Areia, no dia 1º de junho, sexta. Trata-se de uma reflexão sobre o vício da droga e a influência da sociedade. Com direção de Carlos Jerônimo Vieira.

Encerando a competição, no sábado, 2, tem o espetáculo adulto, “Daslam – O Musical”, da Cia de Teatro Leões das Artes. Um musical inspirado nas artes circenses e em grandes nomes do gospel Choirs, que leva o público a ver a história da vida e Ressurreição de Jesus de maneira diferente e divertida. O espetáculo tem direção de Joydson Terra.

A cerimônia de encerramento acontece no domingo, 3, com apresentação, às 19h30, da Companhia Sarcástica de Teatro, com o emocionante espetáculo “A Vida é Sonho”, de Calderon de La Barca. Assistido por mais de mil pessoas, o espetáculo é fruto de uma oficina do curso de teatro infantil e juvenil promovida pela Prefeitura de Limeira, através da Secretaria da Cultura, e a direção é do professor de teatro Daniel Martins. Seguido pela cerimônia de premiação.

Todas as apresentações são gratuitas, haverá senhas de acesso ao Teatro Vitória uma hora antes de cada espetáculo. As escolas interessadas podem fazer agendamento pelo telefone da Secretaria da Cultura, (19) 3451 0502.

Mais informações podem ser obtidas no telefone da Cultura: (19) 3451 0502 ou no blog: www.culturalimeira.blogspot.com.

JURADOS

A comissão de júri para a “Mostra” é formada por: Carol Vidotti, limeirense, formada em artes cênicas pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. É atriz e produtora. Estudou teatro físico na Internacional School of Physical Theater – KIM/ Bolívia.

Aguinaldo Moreira de Souza, natural de Presidente Prudente, mas atualmente é professor de Teoria de Método de Pesquisa em Artes, Interpretação teatral, Expressão Corporal, Montagem Cênica na Universidade Estadual de Londrina. É doutor em Letras, pela UNESP e especialista em artes pela UNICAMP, ator, diretor e bailarino.

E para completar o corpo de jurados, Liana Ferraz Diniz, que é graduada em artes cênicas na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Como atriz já participou de inúmeras montagens. Ministrou Oficinas de Jogos Teatrais para crianças de 05 a 08 anos, Oficina de Iniciação Teatral para crianças de 06 a 12 anos, Oficina Dramaturgia. Foi professora da disciplina “Artes-Teatro” nas turmas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I, e de aulas de “Iniciação Teatral” para turmas do Ensino Fundamental II e Ensino Médio do colégio Anglo Paulínia. É atriz e dramaturga.


*Nota: Imagem do espetáculo convidado "Hay Amor". Créditos: Divulgação.


Luane Tenório - Estagiária de Jornalismo
Departamento de Projetos Culturais
Prefeitura de Limeira/SP
Secretaria Municipal da Cultura
(19)3451.0502
culturalimeira@yahoo.com.br
http://www.culturalimeira.blogspot.com/
www.twitter.com/culturalimeira
www.facebook.com/culturalimeira

Vereadores aprovam Moção de Pesar à família de ex-vereador


Foi aprovada na Sessão Ordinária desta segunda-feira (21/05), Moção de Pesar à família do ex-vereador Oscar Pozati, que faleceu domingo (20/05), aos 77 anos.

Oscar exerceu mandato na Câmara Municipal de Limeira entre os anos 1989 a 1993.

O autor da propositura foi o vereador José Farid Zaine (PDT).

“Oscar foi um grande cidadão limeirense, que contribuiu de forma significativa para a sociedade através do seu trabalho como professor e por sua atuação na Câmara Municipal de Limeira”, declarou Farid.


Assessoria de Imprensa
Câmara de Limeira / SP

terça-feira, 22 de maio de 2012

Repercutindo as ideias de Farid

No informe publicitário "Quintal falando de Limeira", publicado nos impressos do município de hoje, o empresário Lusenrique Quintal destaca a ideia do vereador professor José Farid Zaine (PDT), Disque Árvore:

DISQUE-ÁRVORE - Achei interessante a iniciativa do vereador Farid em criar uma forma de aumentar a arborização da cidade. Se aprovado, o projeto criará uma linha telefônica exclusiva para podas, remoções e plantios de árvores nos bairros de Limeira.

Gabinete do Vereador Farid Zaine (PDT)
19 3404 7550

segunda-feira, 21 de maio de 2012

“Cine Cultura” exibe filmes de graça nesta quarta no Teatro Vitória


Com o objetivo de oferecer opções de cinemas que fujam do circuito comercial, assim como rever grandes clássicos, o projeto “Cine Cultura” retoma suas atividades na programação cultural de Limeira. A realização é da Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria da Cultura.

A edição acontece nesta quarta, 23, com duas opções de horários às 14h30, com o filme “Coraline”, voltado para o público infantil e às 20h é a vez do público adulto poder rever uma história de grande sucesso, “Mamma Mia”.

“Coraline” conta a história de Coraline Jones, uma menina que se muda com sua família para uma enorme casa chamada Palácio Cor-de-rosa. A avó a conta uma história sobre sua irmã, que visitou a tal casa e nunca mais voltou. Sem conseguir atenção dos pais, a menina passa a explorar as inúmeras portas do local e acaba abrindo uma portinhola que dá para outra dimensão, bastante similar à sua; porém, todos têm olhos de botões.



“Mamma Mia” conta a história da jovem Sophie que está se preparando para viver ao lado de seu namorado. O casamento será no hotel de sua mãe em uma ilha paradisíaca, na Grécia. Criada em um ambiente amoroso e praticamente completo, a garota leva uma vida muito agradável. Só que, há muito tempo, ela vem sentindo falta de uma pessoa especial que nunca esteve presente: seu pai. O único desejo agora é encontrá-lo no dia do seu casamento. Ao ler o diário da mãe, descobre que entre três homens um pode ser o seu pai. Secretamente, Sophie (Amanda Seyfried) os convida para a festa e faz de tudo para desvendar a verdadeira identidade daquele que a gerou. Trata-se de um musical dirigido por Phyllida Lloyd e escrito por Benny e Bjorn Ulvaeus, que usa como inspiração as músicas do ABBA, banda pop dos anos 70 e 80, o filme é uma roupagem cinematográfica da famosa peça musical de mesmo nome - Mamma Mia! - que, inclusive, chegou a fazer parte das atrações da Broadway.

Lembrando que o projeto “Cine Cultura” é de graça, haverá liberação de senhas de acesso ao Vitória uma hora antes das exibições, escolas interessadas devem fazer agendamento na biblioteca, o telefone é: (19) 3442 6539. A classificação indicativa dos filmes é livre.

Para mais informações sobre o projeto: (19) 3451 0502.


Luane Tenório – Estagiária de Jornalismo
Departamento de Projetos Culturais
Prefeitura de Limeira /SP
Secretaria Municipal da Cultura
(19) 3451 0502
culturalimeira@yahoo.com.br
www.culturalimeira.blogspot.com
www.facebook.com/culturalimeira

Dr. Valdir Gobbo e Dr. Francisco Mazzer recebem homenagem na Câmara

Na noite desta sexta-feira (18/05), o Diploma Gratidão e Medalha do Mérito Cívico XV de Setembro – Ordem Tatuiby, foi entregue durante Sessão Solene, na Câmara Municipal de Limeira ao Dr. Valdir Florisvaldo Gobbo e ao Dr. Francisco Pizol Mazzer.

A propositura é de autoria de Wagner Barbosa, enquanto vereador.

“Na pessoa desses dois importantes médicos, que contribuem tanto para a saúde de Limeira gostaria de homenageá-los, e que essa homenagem se estendesse a todos os médicos dessa cidade”, declarou Wagner.

“É uma honra poder homenagear esses dois importantes médicos, que contribuem tanto para a saúde de Limeira”, declarou Wagner.

“É uma honra receber essa homenagem aqui na Câmara Municipal, que tem trabalhado tanto para construir uma cidade cada vez melhor para todos nós”, disse Dr. Mazer.

“Agradeço, pois é uma honra receber essa homenagem. Confesso que como médico a minha maior realização é ver o rosto de felicidade de um paciente meu, quando ficam curados”, afirmou Dr. Valdir Gobbo.

“Vocês são pessoas de valor e caráter. A devoção com que vocês se dedicam a pensar sempre no próximo, me deixa ainda mais contente em poder laureá-los com essa honraria”, afirmou o presidente em exercício da Câmara Municipal de Limeira, vereador Dr. Raul Nilsen Filho (PMDB).

Homenageados
Dr. Valdir Florisvaldo Gobbo
É formado em medicina pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP – Botucatu, o médico recebeu o título de especialista da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, da qual é membro efetivo. Chegou à Limeira em 1980. Trabalhou na Casa de Saúde, Sociedade Operária Humanitária, Beneficência Limeirense, Medical SIA, Aril (Associação de Reabilitação Infantil Limeirense), e Santa Casa de Limeira.

Dr. Francisco Pizol Mazzer
Concluiu a graduação na Faculdade de Medicina de Marília, em 1979. No ano de 1982 trabalhou na Cia Prada como médico clínico e do trabalho. Dr. Mazer também foi perito médico do INSS por oito anos, cardiologista na Medical e no hospital Humanitária. Hoje atua como cardiologista na Santa Casa de Limeira e na Unimed, completando 30 anos de exercício como médico na cidade de Limeira.




Assessoria de Imprensa
Câmara de Limeira

Repercutindo as ideias de Farid

A jornalista Nani Camargo, que assina a coluna "Vai & Vem", do Jornal de Limeira, destacou o trabalho do veredor professor José Farid Zaine (PDT):

MERECIDO 1
Vereador Farid Zaine (PDT) fez uma homenagem à Corporação Musical Arthur Giambelli. O grupo musical vai receber o 'Diploma de Gratidão e a Medalha de Mérito Cívivo XV de Setembro Ordem de Tatuiby' pelos 80 anos de atuação em Limeira.

Saiba mais sobre a proposta de Farid, clicando aqui.

Gabinete do Vereador Farid Zaine (PDT)
19 3404 7550

Repercutindo as ideias de Farid

O Jornal de Limeira, edição do último dia 19, traz notícia com o título "Farid propõe 'Banco do Livro'", destacando a atuação do vereador professor José Farid Zaine (PDT). A ideia do parlamentar ganha destaque, ainda, na Gazeta de Limeira de ontem, 20, na coluna "Entrelinhas", de Ruben & Amaury, dentro do suplemento "Jornal de Mulher".

Para saber mais sobre o "Banco do Livro", clique aqui.

Gabinete do Vereador Farid Zaine (PDT)
19 3404 7550

sexta-feira, 18 de maio de 2012

“Fantasticamente Brega” no Teatro Vitória

Num espetáculo musical, a Organização Einstein de Ensino faz uma singela homenagem a todas as mamães. O musical traduz em palavras e gestos toda a emoção de se sentir-se mãe.


As crianças da educação infantil e fundamental I destacarão os grandes nomes de apresentadores da televisão brasileira como; Chacrinha e Silvio Santos além de lembrar grandes nomes da música da época; Silvinho, Agnaldo Timóteo, Sidney Magal entre outros, o que classifica o show de “Fantasticamente Brega”.

O espetáculo acontece neste fim de semana, sábado, 19, e domingo, 20 ambos em duas opções de horários: às 16h e 19h. A entrada é gratuita.

O espetáculo musical conta com o apoio da Prefeitura de Limeira, através da Secretaria da Cultura. A classificação indicativa é livre.

Mais informações podem ser obtidas no telefone do Vitória: (19) 3451 6679.

Luane Tenório - Estagiária de Jornalismo
Departamento de Projetos Culturais
Prefeitura de Limeira/SP
Secretaria Municipal da Cultura

Pelos 80 anos, Arthur Giambelli é destaque na Câmara

Embaixatriz Sonora de Limeira pode receber Diploma de Gratidão e Medalha de Mérito Cívico do Legislativo



A Corporação Musical Arthur Giambelli, fundada no dia 6 de junho de 1932, às vésperas da Revolução Constitucionalista, pode receber da Câmara, através de proposta sugerida pelo vereador professor José Farid Zaine (PDT), o Diploma de Gratidão e a Medalha de Mérito Cívico XV de Setembro – Ordem de Tatuiby – pelos 80 anos de atuação em Limeira, fortalecendo a história cultural da cidade. O documento foi apresentado nesta segunda, 14, e segue para ser apreciado pelos vereadores na próxima sessão que acontece no dia 21, a partir das 18h.




Farid, que é fã da banda, justificou que a Câmara cumpre seu papel de homenagear as instituições culturais de destaque da cidade, pelo exemplo como contribuem para a sociedade. “É o caso da Arthur Giambelli, cuja gratidão do povo ficará eternizada no Legislativo”.


Farid enviou, no projeto, várias páginas com fatos que marcaram a história desses 80 anos da Arthur Giambelli.


Nota – Fotos da banda Arthur Giambelli. Créditos – Divulgação.

Ronald Gonçales
Gabinete Parlamentar
Vereador José Farid Zaine (PDT)
19 3404 7550

Pauta dos Vereadores


 

I – Projeto de Lei nº235/11, de autoria do Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal, que institui o Plano Comunitário Municipal de Obras Rurais - PCMOR.



II – Projeto de Lei nº274/11, de autoria da nobre Vereadora Nilce Segalla, que incluiu no Calendário Oficial de Eventos do município de Limeira a Festa do Padroeiro da Comunidade de São Geraldo e dá outras providências.



III – Projeto de Lei nº85/12, de autoria nobre Vereador Carlos Eduardo Rossler, que determina a fixação de placa de advertência sobre a exploração sexual de crianças e adolescentes e dá outras providências.



IV – Projeto de Lei nº92/12, de autoria nobre Vereador Carlos Eduardo da Silva, que dispõe sobre a proibição de práticas e atos que constituem perigo ou obstáculo para o trânsito em vias urbanas, sinalizadas por semáforos ou não, no âmbito do município de Limeira, e dá outras providências.



V – Projeto de Decreto Legislativo nº4/12, de autoria do nobre Vereador José Farid Zaine, que concede o Diploma de Gratidão da Cidade de Limeira e Medalha de Mérito Cívico XV de Setembro - Ordem de Tatuiby - À Corporação Musical Arthur Giambelli pelos 80 anos de atuação no município de Limeira fortalecendo a nossa cultura.



VI – 1° Turno de Discussão e Votação da Proposta de Emenda a Lei Orgânica n°2/12, de autoria do nobre Vereador Mário Celso Botion, que altera a Lei Orgânica do Município de Limeira, afim de proteger a moralidade e a probidade na administração pública municipal, no âmbito do Município de Limeira.

Assessoria de Imprensa
Câmara de Limeira / SP

ROCK, PIPOCA E BATALHA NAVAL


Por José Farid Zaine
Twitter: @faridzaine
Facebook: Farid Zaine


O que se deve esperar ao entrar em um cinema que anuncia um filme chamado “Battleship – A Batalha dos Mares”, ainda mais sabendo que essa “batalha dos mares” nada mais é do que o conhecidíssimo jogo “batalha naval”? Claro, é óbvio: deve-se esperar diversão apenas. Ninguém vai querer imaginar que se trata de um filme filosófico, um drama existencialista, uma comédia sofisticada e inteligente...desde o momento em que entramos, sabemos que vamos nos acomodar em confortáveis poltronas, que passaremos duas horas diante da iminência do fim do mundo, e que após esse tempo, estaremos sãos e salvos, com a bandeira americana tremulando em nosso cérebro...e saímos sem carregar nada, o que às vezes é muito bom...

No caso desse “Batteleship – A Batalha dos Mares”, dirigido por Peter Berg, a promessa é plenamente cumprida: a aventura transcorre para mostrar que Hollywood é capaz de qualquer coisa, absolutamente qualquer coisa, até transformar o jogo “batalha naval” num filme bem movimentado, com ETs que vem para destruir a Terra (na verdade, eles receberam contato do nosso Planeta, mas não vieram como visitinhas exatamente cordiais). Para não ficar apenas nas explosões espetaculares (sempre são), nas trocas de “gentilezas” entre alienígenas e terráqueos e nas pirotecnias de naves com aquela cara já surrada de “transformers”, o roteiro situa a ação em Pearl Harbor, de dolorosa lembrança para os americanos, e ainda coloca um japonês ( Tadanabu Asano, como Nagata) ao lado do mocinho (Taylor Kitsh, como Hopper), para conduzir a história ao final nada surpreendente.

O filme é tecnicamente bem cuidado, e determinado a fazer – literalmente – muito barulho. Os efeitos sonoros são bem produzidos e exacerbados pelo rock de AC/DC, Credence Clearwater Revival e outros, ótima sacada da trilha sonora, que confere ao conjunto a estridência ensurdecedora desejada e, por conta disso, um humor inesperado. Claro, isso só é possível usufruir numa sala de cinema com projeção e som decentes. Aliás, as plateias ruidosas, neste caso não atrapalham. Pelo contrário, é interessante ver como as toneladas de pipocas consumidas e as latinhas de refrigerantes abertas sem qualquer pudor acabam se integrando às sequências barulhentas...

A maioria dos críticos deu notas baixas para o filme, logo após ter soltado muitas estrelas para o blockbuster “Os Vingadores”, já arrecadando estratosféricas bilheterias. De fato “Os Vingadores” é melhor, mais bem transado, com um humor mais escancarado e um elenco estelar realmente forte. Mas “Battleship” está longe de ser jogado no lixo, pois atende ao seu propósito de ser um divertimento.

Há coisas em “Battleship” que causam um estranhamento: Porque Rihanna no elenco, se ela sequer canta...e nem é atriz? Porque Liam Neesom, se ele fica apenas num papelzinho constrangedoramente pequeno? Nada disso parece importar quando surgem os créditos finais, atirados sobre a plateia pelo rock poderoso da trilha.

Então, caros leitores e leitoras, nada de preconceito: quem quiser se esquecer por duas horas do nosso cotidiano tão cheio de tensões, pode ir jogar um pouco dessa batalha naval, mas num cinema de verdade. Pois se for numa sala com projeção ruim e som de quinta categoria, a diversão se transformará num pesadelo maior do que a própria invasão da Terra por ETs mal intencionados. Aí nem a bandeira americana tremulará trazendo salvação.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

A pedido do público, concerto de videogame retorna na próxima semana


Apresentação ocorre em dois dias com mesmo repertório do ano passado; ingressos já estão à venda na bilheteria do Teatro Vitória



Estreado no ano passado pela Orquestra Sinfônica de Limeira (Osli), o concerto baseado em trilhas sonoras de jogos feitos para videogame teve boa aceitação do público e casa cheia durante as edições realizadas na temporada 2011. Atendendo aos inúmeros pedidos, a orquestra repetirá a apresentação na próxima semana também em duas edições, sendo nos dias 24 e 25 de maio, às 20h30, no Teatro Vitória.

Com o mesmo repertório da estreia, o concerto repetirá a produção da temporada passada, que conta com a participação do Coro da Osli, totalizando aproximadamente 40 vozes. Ao todo, juntamente com a orquestra, estarão em palco cerca de 100 artistas que executarão as trilhas dos jogos simultaneamente com o auxílio de recursos audiovisuais, que transmitirão imagens dos games em tempo real.

Quem comparecer, poderá se deslumbrar com os acordes cadenciados de “Guitar Hero”; tentar acompanhar a rapidez de “Sonic”; se esquivar da pontaria e logística de guerra de “Black” e “Medal of Honor”; escolher um adversário para enfrentar em “Mortal Kombat”; vivenciar a vida campestre e suas aventuras no clássico “Zelda”; desafiar os monstros e seres mitológicos de “God of War”; entrar pelo cano juntamente com “Mario Bross” e vestir a camisa de seu time favorito e torcer em “Champions League”.

Alvo de boas críticas pelo público e mídia, o concerto intitulado de “Video Game Music” chegou a ser citado em sites e blogs de grande circulação do país e do mundo. Em um dos comentários, um especialista em jogos eletrônicos da cidade de São Paulo teceu elogios e lamentou por não poder assistir ao concerto e por não ver mais desses espetáculos em outras cidades do Brasil.

Outro destaque do concerto é a exclusividade dos arranjos musicais, que foram adaptados para a formação específica da orquestra. Todas as trilhas foram escritas pelo regente do Coro, Diego S. do Lago. “Além de tornar a apresentação mais original, faz do espetáculo um histórico para a cultura da cidade”, define o maestro da Osli, Rodrigo Müller.



Os ingressos para “Video Game Music II” já estão disponíveis na bilheteria do Teatro Vitória ao preço de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Mais informações pelo telefone 3451-2750 ou pelo email: oslimeira@yahoo.com.br.

Os trabalhos desenvolvidos pela Orquestra Sinfônica de Limeira são realizados pela Prefeitura Municipal de Limeira, por meio da Secretaria da Cultura e Sociedade Pró-Sinfônica de Limeira. Contam também com o patrocínio da CCR AutoBAn e Unimed. O evento conta ainda com o apoio institucional da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet) e apoio cultural de Limel Bagueteria, Floricultura Mercuri, Fotógrafo Paulo Pedron, AZ Design Independente, Musical Brasil Instrumentos, Virtú Produções Culturais e Artisticas e Foz do Brasil.


Felipe Furlanetti – Assessor de Comunicação
Orquestra Sinfônica de Limeira
(19) 9283-2114 / 3451-2750
oslimeira@yahoo.com.br
www.sinfonicadelimeira.com.br

17º Cotil Arte apresenta “Liberdade: Asas para quê?”





O Colégio Técnico de Limeira (COTIL) realiza pelo 17º ano consecutivo o “COTIL ARTE”, uma competição de diversos trabalhos artísticos e este ano traz o tema “Liberdade: Asas para quê?”. As modalidades são: fotografia, desenho, composição musical, performance, músico-corporal, suporte, esquete e vídeo.

Os trabalhos são produzidos pelos próprios alunos e este ano, o evento contou com 320 trabalhos, sendo alguns já em exposição no campus da Unicamp e o encerramento da exposição e a premiação serão nesta quinta, 17, às 19h no Teatro Vitória, a entrada custa R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia).

Os jurados são professores da instituição e convidados da área artística. A realização é do COTIL, através do Departamento de Humanas, com o apoio da Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria da Cultura.

Mais informações podem ser obtidas nos telefones do Teatro, (19) ou 3451 2675.

*** Nota do blog FARID: O Cotil Arte é lei em Limeira, através de iniciativa do vereador professor José Farid Zaine (PDT).


Luane Tenório - Estagiária de Jornalismo
Departamento de Projetos Culturais
Prefeitura de Limeira/SP
Secretaria Municipal da Cultura
(19) 3451.0502
culturalimeira@yahoo.com.br
www.culturalimeira.blogspot.com
www.twitter.com/culturalimeira
www.facebook.com/culturalimeira

Repercutindo as ideias de Farid

O Jornal de Limeira destaca hoje, na página 9, na editora “Cidades”, proposta do vereador professor José Farid Zaine (PDT), acatada pela Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Meio Ambiente: o Disque Árvore. O projeto terá início na primeira semana de junho. O título da notícia é “Serviço cria cultura de arborização”. No jornal, na primeira página, o "Disque Árvore" também é destacado: "Prefeitura decide criar o serviço Disque Árvore".


Gabinete do Vereador Farid Zaine (PDT)
19 3404 7550



Repercutindo as ideias de Farid

Na coluna Vai & Vem de hoje, do Jornal de Limeira, assinada pela jornalista Nani Camargo, é destacado o trabalho do vereador professor :



DEU CERTO
Farid Zaine (PDT) está todo contente que a prefeitura implantou, agora, um pedido seu feito em 2010: o ‘Disque Árvore’.


Gabinete do Vereador Farid Zaine (PDT)
19 3404 7550

Repercutindo as ideias de Farid

A Gazeta de Limeira de hoje traz, na primeira página, destaque ao “Disque Árvore”, proposta do vereador professor José Farid Zaine (PDT), acatada pela Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Meio Ambiente. O projeto terá início na primeira semana de junho. A manchete é: “Podas, plantios e remoções de árvore terão telefone”. As informações gerais estão na página 14 da Gazeta, com o título “Disque-árvore terá início em junho”, na editoria “Local”.

Gabinete do Vereador Farid Zaine (PDT)
19 3404 7550

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Espetáculo relembra Chacina em 1993 no Rio de Janeiro


“Agora e Na Hora de Nossa Hora”, relembra o assassinato de oito meninos e traz a realidade de crianças que vivem na rua



Num monólogo, Eduardo Okamoto é Pedrinha, um sobrevivente da Chacina da Candelária. Escondido sobre a banca de jornal, Pedrinha assistiu ao assassinato de oito meninos de rua. Ao narrar os acontecimentos da madrugada, Pedrinha revela uma sociedade que nega a morte desses meninos.

A cena recria o cotidiano de um sobrevivente que luta, ama, se esconde e fuma crack. A trajetória se desenrola de maneira delicada e poética acompanhada de música de viola erudita.

O espetáculo foi criado através de uma pesquisa, a observação de meninos de rua da cidade de Campinas, Rio de Janeiro e grande São Paulo, “Agora e Na Hora de Nossa Hora”, será nesta sexta, 18, em duas opções de horário: às 19h e às 21h, no Teatro Vitória, e a entrada é franca.

Dirigido por Verônica Fabrini, o espetáculo traz a realidade de oito meninos moradores de rua que foram assassinados por policiais nos arredores da Igreja da Candelária, no Rio de Janeiro. A peça tem 60 minutos, produção de Daniele Sampaio e pesquisa de Alice Possani.

A realização é do ator Eduardo Okamoto, em parceria com o Governo do Estado da Cultura através do projeto Proac - Programa de Ação Cultural, com o apoio da Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria da Cultura.

A entrada é gratuita, haverá distribuição de senhas de acesso ao Vitória, uma hora antes do espetáculo (mas são 80 lugares disponíveis apenas, a pedido da produção). A classificação indicativa é de 14 anos.

Mais informações o telefone é: (19) 3451 6679, ou no blog: www.culturalimeira.blogspot.com.


Nota: Imagens do espetáculo. Créditos: Jordana Barale.



Luane Tenório – Estagiária de Jornalismo
Departamento de Projetos Culturais
Prefeitura de Limeira/SP
Secretaria Municipal da Cultura

Lei que incentiva reciclagem é cumprida por algumas empresas; Disque Árvore será lançado

Secretário cita estabelecimentos que fazem coleta seletiva

Em resposta ao Requerimento protocolado em abril pelo vereador professor José Farid Zaine (PDT), em que pede informações pertinentes ao cumprimento da Lei 4.459/09, que amplia a possibilidade aos cidadãos de aplicar a reciclagem, já que a norma pede que inclusive os supermercados tenham espaços adequados para a coleta seletiva, Domingos Furgione Filho, secretário de Meio Ambiente, afirmou que alguns locais têm feito o trabalho regulamentado pela lei.

Ele explicou que desde a sua chegada ao Meio Ambiente, em março de 2010, e a contratação de novos fiscais ambientais nos meses seguintes, tem sido intensificada a fiscalização quanto ao cumprimento de diversas leis. “Uma delas é a do vereador Farid”, disse.

O secretário destacou que certas empresas, entre elas: Fumagalli, Faurecia, Brigatto e Máquinas Zaccaria, bem como as redes de supermercado Covabra, Sempre Vale, Vitória e Bom MIX, já estão disponibilizando áreas de triagem e coleta seletiva dos materiais para envio às empresas e/ou cooperativas de reciclagem.

“Estaremos recomendando à área de fiscalização ambiental que fique atenta à legislação em questão”, finalizou Filho.

A lei estabelece que hipermercados, supermercados, estabelecimentos comerciais atacadistas, shoppings e demais empresas e indústrias de grande porte, disponibilizem áreas adequadas para a recepção de material plástico, metal e outros recicláveis para aproveitamento e reciclagem, através de caixas coletoras com orientações referentes à forma correta de serem dispensados lixos e recicláveis.



Créditos: http://www.prac.com.br/images/lixo_reciclavel.jpg




Segundo Farid, diversos cidadãos pedem que seja dada mais atenção à lei, pois ela colabora com a sustentabilidade. “Agora, com o Requerimento, tenho certeza de que a equipe do Meio Ambiente vai colaborar para que, através da devida fiscalização, os estabelecimentos comerciais sugeridos pela norma, tragam espaços para reciclagem”.

O vereador concluiu que o seu gabinete entrou em contato com diversos estabelecimentos em abril que não trazem, ainda, os espaços especificados pela lei. “Agora, vamos aguardar as notificações”, finalizou.

Disque Árvore
Outra ideia de Farid que está prestes a virar realidade é o “Disque Árvore”, uma linha de atendimento telefônico exclusiva à população que quer remover ou plantar alguma espécie de árvore em frente às suas residências.

Farid disse que se reuniu na semana passada com Filho, que garantiu que esse projeto será lançado nos próximos dias pela Prefeitura. “Isso, com certeza, vai de encontro aos anseios da população. Diariamente, recebemos dezenas de pedidos de remoção, poda ou plantio de árvores na cidade. Com uma linha exclusiva, fica mais prático e dinâmico o trabalho feito pelo órgão competente do município”

O vereador teve a ideia do “Disque Árvore” em março de 2010, quando apresentou ao Meio Ambiente a proposta, junto a um Requerimento.

Nesta terça-feira, 15, no lançamento da “Operação Inverno”, que contou com a participação de Farid, Filho anunciou a implantação do “Disque Árvore” para a semana do meio ambiente deste ano (que começa no próximo dia 4). No encontro, Farid lembrou também da lei em vigor, também de sua autoria, que obriga as concessionárias a plantar uma árvore para cada carro zero quilômetro vendido na cidade.

Para mais informações, o telefone do gabinete de Farid é: (19) 3404 7550.

Ronald Gonçales
Gabinete Parlamentar
Vereador José Farid Zaine (PDT)
19 3404 7550

terça-feira, 15 de maio de 2012

Farid quer “Banco do Livro” em Limeira


Vereador solicitou ao Prefeito projeto que daria mais autonomia à biblioteca municipal

Através de requerimento, o vereador professor José Farid Zaine (PDT) enviou ao Prefeito Orlando José Zovico (PDT) um projeto de lei que cria o “Banco do Livro” em Limeira, questionando a possibilidade da sua implantação. O requerimento foi aprovado na sessão desta segunda, 14.


 Iniciativa de Farid pretende dar mais autonomia à biblioteca em relação às doações

De acordo com o projeto, que dá liberdade, após criteriosa análise de acervo, de livros serem doados às bibliotecas comunitárias, escolares e de associações estabelecidas e em funcionamento no município, os livros, as revistas, os jornais e o material multimídia que não estiverem conservados para serem incorporados ao acervo do próprio espaço cultural ou das demais instituições aptas a receberem as doações, serão encaminhados para reciclagem e o valor arrecadado será revertido na compra de novos materiais para uso e manutenção da biblioteca municipal. Ainda, segundo a norma, serão consideradas obras não conservadas aquelas que se apresentarem rasuradas, faltando páginas, rabiscadas, com folhas soltas, infectadas por fungos ou insetos e de conteúdo desatualizado.


Atualmente, a biblioteca municipal de Limeira funciona na Rua Senador Vergueiro, 845 - Centro

Para Farid, o “Banco do Livro” também fomentaria o hábito da leitura em outros lugares, como escolas, associações e bibliotecas comunitárias, já que diversos livros poderão ser doados para essas instituições.

Agora, a Prefeitura deve responder ao vereador Farid nos próximos dias. Para outras informações, o telefone do gabinete do parlamentar é: (19) 3404 7550.

Créditos - Imagens: Divulgação.

Ronald Gonçales
Gabinete Parlamentar
Vereador José Farid Zaine (PDT)
19 3404 7550